Quem Somos

Apresentação 


Cachoeira do Marimbondo.
Foto de Bruno R. Alves
O Parque Estadual do Pau Furado - PEPF, é a primeira unidade de conservação da categoria de proteção integral criada na região do Triângulo Mineiro e está sob a administração do Instituto Estadual de Florestas (IEF). Abrange um fragmento representativo e bem conservado do bioma Cerrado, com pequenas intercorrências do bioma Mata Atlântica, no vale do Rio Araguari. Assume grande importância regional para a conservação da biodiversidade, uma vez que foram identificadas 932 espécies de fauna e flora dentro de seus limites geográficos. Várias delas são reconhecidas oficialmente em algum grau de ameaça ou vulnerabilidade de extinção. Destacam-se a aroeira (Myracrodruon urundeuva), a onça-parda (Puma concolor), a raposa-do-campo (Pseudalopex vetulus), o lobo-guará (Chrysocyon brachyurus), a jaguatirica (Leopardus pardalis), o tamanduá-bandeira (Myrmecophaga tridactyla), o veado-mateiro (Mazama americana) a arara-canindé (Ara ararauna), a maritaca (Aratinga auricapillus) o cabeça-seca (Mycteria americana), o canário-da-terra (Sicalis flaveola), a andorinha-de-coleira (Pygochelidon melanoleuca) e a águia-cinzenta (Urubitinga coronata).

  • A Criação


Cachoeira Terra Branca.
Foto de Bruno R. Alves
O PEPF foi criado pelo Decreto Estadual sem número de 27 de janeiro de 2007, e abrange território de dois municípios do Triângulo Mineiro, Araguari e Uberlândia com uma área total de 2.186,849 hectares. Sua criação decorre de uma medida de compensação florestal estabelecida pela FEAM - Fundação Estadual de Meio Ambiente, durante o processo de licenciamento ambiental do Complexo Energético Amador Aguiar (Usinas Hidrelétricas Capim Branco I e II), em conformidade com a Lei nº 14.309/02, que dispõe sobre as políticas florestais e de proteção à biodiversidade no Estado de Minas Gerais, regulamentada pelo Decreto nº 43.710/04 (veja o tópico legislação).

Fonte: Plano de Manejo do PEPF


  • Origem do nome Pau Furado


Antiga ponte Cesário Alvim, mais conhecida como Ponte
 do Pau Furado. Fonte: Plano de Manejo PEPF
Os moradores da região do PEPF contam que na estrada que dava acesso à ponte Cesário Alvim, que ligava Uberlândia ao município de Araguari, havia uma árvore frondosa com muitos furos em seu tronco para coleta de óleo, chamada pau-de-óleo ou copaíba (Copaifera langsdorffii), essa árvore era referência e ponto de encontro dos moradores locais, daí surgiram os nomes:
  • Estrada do Pau Furado;
  • Ponte do Pau Furado (oficialmente Cesário Alvim) e;
  • Consequentemente a região ficou conhecida como Pau Furado. 
A antiga Ponte do Pau Furado, foi demolida em função da construção da UHE Capim Branco I.

Fonte: Relato dos moradores locais.


  • Objetivos


O PEPF tem como objetivos principais:
Águia Cinzenta, ave símbolo do PEPF.
Foto: Eduardo Carvalho.
  • Proteger os recursos hídricos; 
  • Viabilizar a pesquisa científica; 
  • Promover o desenvolvimento socioambiental; 
  • Fortalecer a integração com o entorno; 
  • Garantir o uso público; 
  • Assegurar a proteção dos ecossistemas presentes na região; 
  • Proteger às espécies raras, endêmicas, em perigo ou ameaçadas de extinção; 
  • Preservar o patrimônio genético; 
  • Conservar paisagens de beleza cênica natural ou alterada; 
  • Fomentar o uso sustentável dos recursos naturais disponíveis. 
Além disso visa proteger fragmentos importantes de fisionomias vegetais e comunidades naturais representadas pelas florestas de galeria, ciliar, estacional decidual e semidecidual, cerradão e cerrado senso restrito. 

  • Nossa Missão


Proteger a biodiversidade da região do Pau Furado, vale do Rio Araguari - Triângulo Mineiro, por meio da conservação, pesquisa, educação ambiental e uso público, contribuindo para o desenvolvimento socioambiental do entorno. 

  • Visão de Futuro 


Ser a unidade de conservação referência no Triângulo Mineiro, reconhecida como pólo de desenvolvimento socioambiental.

Fonte: Plano de Manejo do PEPF


  • Zona de Amortecimento


A Zona de Amortecimento (ZA, também chamada de "Zona Tampão") é uma área estabelecida ao redor de uma unidade de conservação com o objetivo de filtrar os impactos negativos das atividades que ocorrem fora dela, como: ruídos, poluição, espécies invasoras e avanço da ocupação humana, especialmente nas unidades próximas a áreas intensamente ocupadas. Os limites da Zona de Amortecimento do Parque Estadual do Pau Furado foram definido pelo Plano de Manejo.



  • Linha verde: limites do Parque Estadual do Pau Furado;
  • Linha vermelha: Zona de Amortecimento do Parque Estadual do Pau Furado (definida pelo Plano de Manejo)


  • Equipe do PEPF


Sede Administrativa
IEF - Escritório Regional Triângulo
Endereço: Praça Tubal Vilela, 03 – Bairro: Centro -
Uberlândia / MG - CEP: 38400-186
Telefone: (34) 3232-5622 / 3088-6469
http://www.ief.mg.gov.br
http://paufurado.blogspot.com.br
pepf@meioambiente.mg.gov.br


 
 Administração - IEF Regional Triângulo

Monitora Ambiental
Isabelle Aparecida Damasceno
isabelle.damasceno@meioambiente.mg.gov.br

Analista Ambiental
Eliete Sousa Vilarinho
eliete.vilarinho@meioambiente.mg.gov.br

Gerente do Parque Estadual do Pau Furado
Leonardo Massamitsu Ogusuku
leonardo.ogusuku@meioambiente.mg.gov.br

Coordenador Regional de Áreas Protegidas
Guilherme de Oliveira Bueno
guilherme.bueno@meioambiente.mg.gov.br

Chefe do IEF - Escritório Regional Triângulo
Edylene Marota Guimarães
edylene.guimaraes@meioambiente.mg.gov.br